Vacina contra a gripe: Saiba por que ela é importante!

Nos últimos tempos, se discutiu muito sobre tomar ou não tomar vacinas, inclusive a vacina da gripe. Felizmente, parece ter havido um consenso e, melhor ainda, parece que a população de um modo geral tomou consciência da importância das vacinas.

Uma destas vacinas é a da gripe (influenza) que é aplicada anualmente. Para certos grupos de pessoas, a vacinação é gratuita. A gripe não é um resfriado (veja mais sobre este assunto logo abaixo) e necessita de cuidados.

Evitá-la continua sendo o “melhor remédio” e a principal forma de conseguir isso é mesmo se vacinando. Mulheres, crianças, idosos e nós, homens, também precisamos nos vacinar. Fique atento!

Qual a diferença entre gripes e resfriados?

vacina da gripe

A gripe é causada pelo vírus Influenza. Já os resfriados são causados por rinovírus ou coronavírus e se apresentam de formas diferentes. Os sintomas de ambas as doenças são muito parecidos e, daí, surge a confusão.

A gripe é muito mais séria e pode inclusive levar à morte. Os resfriados são acometimentos passageiros, com sintomas mais brandos. O vírus influenza é mais comum em períodos de frio, onde se reproduz mais rapidamente e encontra o ambiente favorável para se multiplicar.

No Brasil, a gripe começa a aparecer com maior intensidade entre abril e outubro e é exatamente neste período que costumam ocorrer mutirões para a vacinação contra a doença. Quer entender melhor a vacina da gripe? Saiba tudo então em uma matéria do hospitalsiriolibanes.com sobre o assunto.

Porque é tão importante tomar vacinas

Tomar vacinas é a melhor maneira de se proteger de uma série de doenças graves e gravíssimas, que podem até levar à morte. Muitas delas, no Brasil, são obrigatórias, principalmente em bebês e recém-nascidos.

A vacina é sem dúvida a maior e melhor barreira contra o vírus da gripe, e têm pouquíssimas ou quase nenhuma reação pós-vacinação. As pessoas temem muitas vezes as vacinas com medo de suas reações, mas estas são raras.

Uma reportagem do R7.Notícias de fevereiro de 2019 fala sobre esta importância de se tomar vacinas, da gripe ou outras, mesmo na fase adulta. Vale a pena ler mais sobre o assunto.

Quais os principais sintomas da gripe

Os sintomas da gripe e dos resfriados, como já dito, são muito parecidos. Portanto, é possível que você diga que está com gripe ao ler os sintomas da doença abaixo, mas pode ser apenas um resfriado. Confira:

  • Calafrios e suores constantes;
  • Muita febre, geralmente acima dos 38ºC;
  • Músculos doloridos principalmente pernas, braços e costas;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Tosse muito seca e persistente;
  • Fadiga, fraqueza, indisposição, etc., sem motivos aparentes;
  • Congestão nasal de qualquer tipo;
  • Espirros intermitentes;
  • Dores de garganta, garganta inflamada.

De qualquer forma, antes de se autodiagnosticar, consulte um médico. Só ele poderá dizer se é uma gripe ou simplesmente um resfriado. Lembre-se que o tratamento pode ser bem diferente entre resfriado e gripe. Fique alerta!

Dica: você sabia que a barba pode evitar que você tenha gripes e resfriados? Não acredita nisso? Dá uma olhada então em uma matéria que fala dos “8 motivos por que você não deve fazer a barba”, no site machoemserie.com. Você vai se surpreender.

5 razões para você tomar a vacina contra a gripe

As mutações do vírus:

O influenza sofre diversas mutações, se adaptando cada vez mais. Muita gente pensa que, porque se vacinou no ano anterior, não precisa se vacinar novamente, mas isto é um tremendo engano.

O vírus que circulava em 2018, por exemplo, não é mais o mesmo que estará circulando este ano e, portanto, você não está imunizado contra a gripe, salvo se já se vacinou novamente em 2019.

Entenda melhor o vírus influenza e o que é gripe no portal saude.gov. Não fique na dúvida quanto a isto, o assunto é importante.

A gravidade da doença:

Como já dito, inclusive, a gripe pode até matar. Seu quadro evolutivo é muito agressivo, principalmente em certos grupo de indivíduos, como pessoas menores de 5 anos de vida e maiores de 60 anos, além, claro, das mulheres grávidas.

Portanto, é possível perceber a importância real de se proteger contra a doença, através da vacinação. E fique sempre atento aos sintomas da gripe. Um dos sintomas da doença são as dores de cabeça.

E por falar nelas, você sabe “Os Tipos de Dor de Cabeça” mais comuns e o que eles significam? Não? Então saiba tudo sobre o assunto nesta matéria homemdesaude.com.

A vacina contra gripe imuniza mulheres grávida e seus bebês:

Durante os 9 meses de gestação, a imunidade da mulher é relativamente diminuída e, deste modo, esta mulher fica mais suscetível à vírus e outras doenças, principalmente se não tomar as medidas preventivas necessárias, como a vacina, no caso da gripe.

Mesmo depois de dar à luz, a mãe continua imunizada e imuniza também o filho, ao amamentá-lo, através dos anticorpos já produzidos por esta mãe e repassados ao filho através do leite materno.

Falando mais um pouco sobre imunidade, você sabia que a falta de sexo pode afetar a sua imunidade, deixando você mais suscetível a gripes e resfriados, inclusive? Uma matéria machodeverdade.com fala mais sobre este assunto. Confere lá, é importante.

O influenza pode afetar o coração:

Miocardite viral, já ouviu falar? É uma inflamação do músculo do coração e, em alguns casos, a gripe pode afetar este músculo, causando problemas no órgão.

O coração se dilata, surgem as arritmias e o quadro geral do paciente se torna gravíssimo. Como evitar isso? Vacinando-se contra a gripe.

A maioria das reações após a vacinação são mitos:

É isto mesmo, praticamente todas as alegações com relação a reações pós-vacinação da gripe são mitos. Vacinar-se não faz você ficar gripado, nem dá febre alta ou reações alérgicas graves.

A vacina da gripe é fabricada sob rigorosos controles e contém os vírus mortos e fracionados da doença. Sendo assim, é efetivamente impossível pegar gripe por que tomou a vacina, isto é mito, e dos grandes.

Acontece muito de pessoas se vacinarem e, dias depois, ficarem resfriadas. No entanto, a vacina protege o indivíduo apenas contra o vírus influenza. Os vírus dos resfriados continuam por aí, soltos.

Vacinação contra a gripe 2019

A vacinação contra a gripe 2019 começa no dia 10 de abril, como uma campanha nacional de vacinação contra a gripe. De início, os postos de saúde irão distribuir doses da vacina trivalente até o dia 31 de maio de 2019 e somente para os grupos prioritários.

Abaixo, em um vídeo com a reportagem da Jovem Pan com a Dr. Regiane de Paula, você fica sabendo maiores detalhes sobre este período inicial de vacinação contra a gripe. Confira:

O assunto sobre vacinação contra a gripe é muito sério. Assim, aproveita e compartilha este artigo, pois você poderá ajudar alguém!

Equipe Homem de Saúde

O Blog Homem de Saúde não é apenas uma das principais fontes para conseguir informação sobre saúde masculina, como também possui uma proposta consistente de oferecer o material adequado para homens que buscam Qualidade de Vida.

Website: