Infecção Urinária no Homem: por que sinto dor ao urinar?

Ao contrário do que acontece com as mulheres, a infecção urinária no homem não é tão comum. No geral, os casos são facilmente tratados e não costumam apresentar grandes complicações. Ainda assim, a infecção é incômoda, por isso é importante saber como se prevenir.

De acordo com Leda Lotaif, diretora da Sociedade Brasileira de Nefrologia, “todos nós corremos o risco de ter a condição, porque as bactérias por trás dela já estão em nosso organismo”. Em outras palavras, a infecção urinária não faz distinção de gênero.

Mas a proporção é muito menor homens: 1 homem para cada 10 mulheres. Isso acontece porque as bactérias têm mais dificuldade de viajar pela uretra masculina, por ela ser maior. E também porque, durante o sexo, o sêmen expelido age como um antimicrobiano, eliminando as bactérias existentes no canal.

Além disso, os homens fazem mais xixi do que as mulheres, uma vez que para eles é mais fácil. Isso diminui a probabilidade de desenvolver a infecção urinária no homem.

No artigo de hoje vamos falar sobre a infecção urinária masculina, quais as causas, os sintomas, como tratar e se prevenir.

Causas da infecção urinária no homem

A infecção urinária afeta os órgãos que produzem e conduzem a urina para fora do corpo: rins, ureteres, bexiga e uretra. Ela também pode ser classificada em infecção urinária alta ou infecção urinária baixa, de acordo com qual local do aparelho urinário ela se encontra.

Dentre a infecção urinária baixe temos a cistite e a uretrite, localizadas na bexiga e na uretra, respectivamente. Elas são causadas principalmente por bactérias intestinais que migram para esses órgãos.

infecção urinária no homem

A uretrite também pode ser causada por micro-organismos transmitidos através do contato sexual. São os mesmo que causam doenças como a gonorreia e clamídia, por exemplo.

Outra forma de infecção urinária no homem é a prostatite, que afeta a próstata. Na verdade, a prostatite é uma infecção grave, e se não tratada corretamente, pode evoluir e se tornar um problema ainda maior.

Já as infecções urinárias altas afetam os ureteres e os rins, incluindo a pielonefrite (infecção renal). A causa mais comum são bactérias que sobem pelo canal urinário desde a bexiga até os rins. Em casos mais raros, acontece de o rim ser atacado por bactérias carregadas pela corrente sanguínea.

Fatores de risco

A infecção urinária no homem tem mais chances de afetar aqueles que praticam relações sexuais anais e não foram circuncidados. Isso porque o prepúcio, a pele que protege o pênis, dificulta uma higiene correta.

Problemas de cálculo renal ou outras complicações da próstata também são fatores de risco para desenvolver a infecção urinária no homem. Bem como alguns hábitos como beber pouca água ou demorar demais para ir ao banheiro. Este último, em particular, pode fazer com que haja um refluxo da urina para os rins, causando tumores e alterações no funcionamento da bexiga, diabetes ou prostatite crônica.

Próstata em Foco – Relatório Homem de Saúde

infecção urinária no homemA saúde da próstata é de extrema importância para a saúde geral masculina. Como falado anteriormente, uma infecção não tratada pode causar sérios problemas para o homem. Inclusive, pode afetar diretamente o seu desempenho sexual.

Para te ajudar a manter a saúde da próstata em dia, o blog Homem de Saúde elaborou o Relatório Próstata em Foco.

Este relatório foi totalmente embasado com pesquisas científica de profissionais e órgãos de saúde reconhecidos, e em momento algum tem o objetivo de substituir a consulta médica.

Para acessar o material, clique aqui.

Sintomas de infecção urinária

A infecção urinária é uma doença bem incômoda, o que torna muito fácil percebê-la. Portanto, fique atento caso você identifique alguns dos sintomas abaixo:

  • Vontade frequente de urinar;
  • Dor ou ardência ao urinar;
  • Dificuldade para segurar a urina;
  • Urina turva e com cheiro forte;
  • Acordar no meio da noite para fazer xixi;
  • Febre baixa;
  • Sangue na urina;
  • Dor na região da virilha oi na parte inferior das costas.

No entanto, pode acontecer da infecção urinária no homem não apresentar nenhum sintoma, sendo possível identificá-la somente em exames de rotina. Por isso, também é importante fazer acompanhamento médico.

O diagnóstico da doença é feito com base nos sintomas e nos resultados laboratoriais, que apontam a presença de micro-organismos que podem estar causando o problema. Além disso, é provável que o médico faça algumas perguntas sobre a rotina sexual do paciente para descartar infecção oriundas de DST’s.

Como tratar a infecção urinária no homem

Como a maior parte das infecções urinárias são causadas por bactérias, a maioria dos tratamentos envolve o uso de antibióticos. O tipo de medicamento varia do acordo com o tipo de bactéria.

Em geral, os sintomas começam a melhorar a partir do segundo dia de uso da medicação. Em casos mais graves, pode ser adotado um tratamento mais longo, com duração de duas ou mais semana. Somente em casos extremos é recomendada a internação hospitalar.

infecção urinária no homem

Além disso, alguns hábitos também podem se fazer eficazes no tratamento, como aumentar a ingestão de água, urinar até esvaziar completamente a bexiga e manter uma higiene íntima adequada.

Previna-se

Da mesma forma que o tratamento da infecção urinária no homem é simples, se prevenir para evitar problemas também é. Veja alguns hábitos que você pode adotar para se prevenir desse mal:

  • Beba muita água;
  • Sempre esvazie a bexiga completamente ao urinar;
  • Use preservativos (principalmente no sexo anal);
  • Não segure a urina por muito tempo;
  • Tenha uma boa higiene íntima;
  • Faça o exame de próstata regularmente (principalmente após os 50 anos);
  • Consuma alimentos diuréticos como melancia, pepino, cenoura e suco de cramberry.

Além disso, manter seu sistema imunológico fortalecido ajuda a prevenir não só a infecção urinária, mas todos os outros tipos. Para isso, mantenha uma dieta saudável, evitando excesso de açúcar, café, bebidas alcoólicas e alimentos ultra processados.

Se você já tem um histórico de infecção urinária, vale a pena também fazer o exame de urina de rotina, mesmo que você não tenha apresentado nenhum sintoma de infecção. Para isso, converse com seu médico.

Espero que tenha gostado do artigo e, se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected].

Um abraço e até breve.

Davi Ribeiro

Davi Ribeiro começou a trilhar um longo caminho de autoconhecimento, buscando informações no Brasil e também no exterior, para entender melhor o seu problema. Com o passar do tempo, ele acabou adquirindo muito conhecimento e, assim, se tornou um especialista na área de sexualidade masculina.

Website: https://www.ejaculandocomcontrole.com/cursos-recomendados/