Desempenho Sexual Masculino: Muito Além da Capacidade Erétil

O desempenho sexual masculino pode afetar até a sua autoestima.

Preocupações com a desenvoltura sexual e o tamanho do órgão sexual estão entre as principais questões que mais impactam na autoestima do homem.

Seja entre os amigos ou abertamente, pouquíssimos homens possuem coragem para declarar a insatisfação com o seu corpo.

Mas a verdade é que, uma grande maioria dos homens aumentaria o tamanho do pênis instantaneamente, se fosse possível.

O verdadeiro tamanho peniano

O tamanho médio para o tamanho do pênis de um homem brasileiro quando enrijecido é de 12 a 14 centímetros.

Essa faixa de tamanho é apenas um referencial, ninguém precisa se sentir anormal com tamanho um pouco menor ou maior que esses.

Porém, para os que não estão nada satisfeitos, já existem procedimentos na região do órgão sexual masculino para suprir essa necessidade estética.

Os casos de micropênis são bem raros, eles têm em torno de 5 centímetros.

Inclusive, a maioria dos homens procuram ajuda clínica sem necessecidade.

Eles procuram centros médicos para realizar algum procedimento de aumento peniano, mas estão dentro dos padrões considerados normais.

Porém, em decorrência de problemas de autoestima, acabam tendo dificuldades na vida sexual e se sentem bastante insatisfeitos com o corpo.

Os fatores relacionados ao desempenho sexual e o tamanho do pênis estão em primeiro lugar das preocupações e podem levar a outras complicações.

Como muitos já sabem, problemas de autoestima podem ser muito avassaladores.

Contudo, infelizmente ele não é muito discutido no universo masculino, chega ser até ignorado pelos homens.

O maior problema do desempenho masculino

Muito é discutido sobre questões financeiras, profissionais e sociais que atingem os homens.

Mas quando o assunto é estética, o foco está ligado ao universo feminino, os homens também têm problema de autoestima.

Os fatores ligados ao desempenho sexual e o tamanho do pênis são as principais preocupações que os homens têm.

Porém, essa preocupação pode levar a complicações mais graves, como a ejaculação precoce e disfunção erétil.

O centro da questão é a comparação e os modelos irreais que se comparam.

Os homens estão sempre se comparando, pois muitos desejam parecer com atores de filmes pornôs.

E quando tomamos essa referência estética de masculinidade para a vida, nos sentimos mal por não estarmos nem um pouco parecidos.

Além desse referencial, os comentários de parceiras, experiências que não ocorreram muito bem e a soma de tudo isso, leva à queda da autoestima.

Os vestiários de academia, são um verdadeiro horror para certos homens.

Atualmente já existem até procedimentos estéticos íntimos masculinos que podem ajudar os homens a se sentirem menos insatisfeitos.

Porém, é importante que o homem consulte um especialista para tirar todas as dúvidas. Inclusive se é possível e saudável realizar algum procedimento.

Sentir-se bem com o corpo é essencial para ter a autoestima positiva e viver uma vida mais saudável.

6 alimentos que melhoram o desempenho sexual do homem

Certos alimentos podem impactar diretamente no desempenho sexual masculino.

Até oas nossas sensações de prazer dependem de bons hábitos alimentares.

Alguns ingredientes, por meio de de suas composições nutricionais, atuam como estimulantes naturais da libido.

Dessa forma, eles proporcionam mais satisfação e prazer ao homem.

Alguns tipos de alimentos têm nutrientes que otimizam o fluxo de sangue do organismo, incluindo então, a região genital do homem.

O segredo da vida saudável para o desempenho sexual do homem

Portanto, seguindo um estilo de vida mais saudável, incluindo a alimentação, a fabricação de células reprodutoras masculinas também podem aumentar.

Especialistas em nutrição afirmam que certos cuidados com a sua nutrição e saúde podem auxiliar no estímulo do prazer e melhorar e muito o desempenho sexual.

Para conseguir manter uma vida sexual saudável é necessário manter uma alimentação bem equilibrada.

Contudo, deve-se praticar em conjunto a realização de exercícios físicos, que garantem disposição e saúde.

É interessante que o homem inclua na sua alimentação: chocolate, amendoim, peixes, ostra e temperos como gengibre, canela e pimenta.

Pontos positivos dos alimentos para o desempenho sexual masculino

1. Chocolate:

Produto afrodisíaco, preferencialmente um que tenha uma concentração maior de cacau, é um bom método para aumentar o apetite sexual e a desenvoltura no momento da relação.

Ele fornece a capacidade para melhorar a sua energia, vitalidade e circulação do sangue, ele também contém aminoácido L-Arginina HCL, que fornece mais força para o sêmen.

2. Ostra:

Rica em zinco, a ostra auxilia na espermatogênese – fabricação dos espermatozoides – e contribui para a aglutinação de testosterona, o hormônio sexual masculino.

3. Alimentos fontes de ômega 3:

os grãos oleaginosos são ricos em ômega 3 e substâncias antioxidantes que podem melhorar a lubrificação e circulação das mucosas, além de dispor mais energia.

Também podemos encontrar ácido-graxo no salmão, azeite, abacate e nos iogurtes.

Ele ajuda na circulação sanguínea e a vitamina B1, que é encontrada nos amendoins, nozes, castanhas e amêndoas, ajudam na comunicação neural do cérebro com o pênis.

4. Pimenta:

O sabor ardente da pimenta faz o metabolismo acelerar ainda mais e causar reações fisiológicas no organismo, assim como o aumento da transpiração.

Ou seja, produção de fluidos, da circulação do sangue e dos batimentos do coração.

Desse modo ela, favorece a irrigação em distintas partes do corpo, estimulando os orgãos sexuais.

5. Gengibre:

Essa raiz forte atua como estimulante no sangue.

Também é considerado um alimento afrodisíaco e responsável por combater a disfunção erétil.

Além do mais, o consumo regular da raiz do melhora as funções hormonais do homem.

6. Canela:

Ela aumenta consideravelmente a produção de testosterona.

Também é responsável por aumentar a frequência cardíaca e a temperatura do organismo, fazendo com que a especiaria se torne um estimulante poderoso para práticas sexuais.

Por ativar a circulação, alguns nutricionistas acreditam esses tipos de alimentos podem ofertar uma melhoria no desempenho sexual.

Comer tudo esses alimentos anteriormente ao sexo não fará efeito algum.

É preciso incluir na dieta diária alimentos que contenham zinco, que são encontrados em carnes magras, cereais enriquecidos e iogurtes.

Bebidas Alcoólicas X Desempenho Íntimo

O uso de bebidas alcoólicas aumenta a excitação sexual, mas pode causar alguns problemas de ereção.

O álcool desperta o desejo porque quem o utiliza se sente mais desinibido, mais solto.

Por conta do seu efeito. Porém, em seguida, ele gera uma baixa no humor, o que pode interferir negativamente na ação sexual.

Se for consumido em excesso, essas questões se potencializam e podem até gerar problemas com a ereção.

6 dicas para melhorar seu desempenho sexual

Com a correria cotidiana, as preocupações, cansaço físico e situações de estresse fazem com que os momentos de prazer sejam afetados.

E quando a saúde sexual está em jogo o assunto pode ficar ainda mais sério, visto que, os homens não têm o hábito de procurar ajuda médica preventiva.

Muitos homens só consultam com um especialista quando notam que já estão com algum problema que está impactando na sua vida sexual, seja a disfunção erétil, questões com a próstata ou a curvatura do pênis.

Infelizmente ainda existem muitos tabus no que diz respeito à saúde sexual masculina.

A vida sexual tem um enorme impacto em nosso cotidiano.

Ela melhora a nossa autoestima, aumenta a felicidade, a qualidade do nosso sono, ajuda a emagrecer e pode evitar a depressão,entre outras vantagens.

Pesquisas recentes afirmam que ainda reduzem o risco de câncer de próstata.

Existem muitos mitos e verdades sobre sexo e para te dar aquela ajudinha na melhora do desempenho sexual, selecionamos algumas dicas para esquentar a relação com a sua parceira ou seu crush.

1) Cuide da higiene do seu “amigo”

O seu amigão anda sempre com você e sabemos que ninguém curte uma companhia  pm um cheirinho desagradável não é?

A higiene da região íntima pode evitar infecções.

Além disso, ajuda a despertar o desejo, até porque um pênis higienizado será sempre mais atraente para a parceira.

Usar camisinha também é importante para evitar doenças que podem atrapalhar ou impedir um bom desempenho das relações sexuais.

Verifique sempre seu “amigo” e se notar algo diferente nele, como bolhas, feridas, corrimento ou ardor ao fazer xixi, procure com urgência um urologista.

2) Faça exames de sangue periodicamente

Fazer exames de sangue regularmente, pelo menos uma vez ao ano, é importante para analizar e manter as taxas hormonais controladas.

Além de ser possível indicar possíveis descontroles que podem influenciar  no ato sexual, a verificação periódica também auxilia na prevenção do câncer de próstata.

3) Pratique atividades físicas

As atividades físicas dão mais fôlego para o sexo e evita dores musculares.

Além disso, exercícios como abdominal, alongamento e agachamento  ajudam no fortalecimento da musculatura.

A prática regular de exercícios físicos  faz com que o seu metabolismo esteja sempre em bom funcionamento.

Desse modo, a quantidade necessária de hormônios sexuais será fabricada, o que contribui para o seu desempenho de maneira positiva.

Evite manter hábitos que podem fazer mal à saúde, como o tabagismo, o consumo exagerado do álcool e sedentarismo.

Tais hábitos ruins podem prejudicar o seu sistema cardíaco e gerar problemas que irão refletir diretamente nas funções sexuais.

4) Alimente-se bem

Tudo o que ingerimos diz muito sobre nós.

A carência de nutrientes relevantes pode acarretar uma baixa da produção de alguns neurotransmissores ligados ao prazer e ao bem estar, influenciando o seu desempenho sexual e também a fertilidade.

Por essa razão, vale a pena consumir mais alimentos que ajudam na ereção.

O amendoim, por exemplo, contém a vitamina B3, que colabora para a vasodilatação sanguínea e melhora a circulação na região do pênis.

O ovo, é rico em vitamina E é participa da produção de hormônios sexuais, o que faz com que haja um aumento da libido e do apetite sexual.

Existem também, algumas especiarias já muito conhecidas por serem afrodisíacos, como a pimenta, a canela e o ginseng.

Eles proporcionam benefícios a circulação e podem impactar positivamente na ereção do homem.

Também é bastante importante que você evite alimentos muito gordurosos ou que contém muito açúcar.

Dessa forma, você previne o surgimento do colesterol, o aumento da glicemia e triglicérides, que com o passar do tempo podem resultar em disfunção erétil.

5) Observe a curvatura do seu pênis

Zelar por sua saúde inclui também o cuidado com a sua anatomia peniana.

Disfunções na curvatura do pênis , como a Curvatura Congênita ou a Doença de Peyronie, podem prejudicar o desempenho sexual masculino e, muitas vezes, também influenciar na parceira.

O pênis torto precisa ser tratado.

Seja por  impossibilidade ou dificuldade na penetração ou problemas de ereção, para que ele possa te proporcionar uma vida sexual saudável.

Existem sim tratamentos para resolver a questão da curvatura peniana.

É muito relevante notar se, durante a relação sexual, você ou a sua parceira sentem dores e/ou não conseguem manter uma penetração por muito tempo.

Também é importante observar se precisa se limitar a algumas posições.

Portanto, se a resposta for positiva você pode ter um problema na tortuosidade do seu pênis.

Se perceber que você possui esses sintomas procure um urologista para que ela possa fazer uma melhor avaliação do seu caso.

O acompanhamento de um especialista é fundamental para a correção adequada da curvatura peniana.

6) Pratique exercícios de autoestima

Os aspectos físicos são muito importantes para o seu desempenho sexual mas já parou pra pensar que o seu psicológico também precisa ser trabalhado.

Pois ninguém consegue manter uma relação se não estiver mergulhado de cabeça para a que momento.

É de extrema importância que você conheça o seu corpo.

Além disso, ter boas horas de sono e entender que os seus prazeres e cuidados com a sua saúde são questões essenciais para o seu bem estar não só físico, mas mental também.

Dessa forma, a autoconfiança estará bem trabalhada.

Assim, ela será o mais potente dos afrodisíacos que contribui para o desempenho sexual e qualidade da sua ereção entre quatro paredes.

O maior inimigo do desempenho sexual masculino

Mas antes que você pense que tem mil e um problemas no que diz respeito ao seu desempenho sexual, veja o vídeo abaixo.

Saiba que a causa mais comum que interfere o desempenho sexual masculino, é a ejaculação precoce.

Porém, ela é muito fácil de ser resolvida e no vídeo a seguir, Davi Ribeiro, estudioso sobre a sexualidade masculina, fala um pouco sobre essa questão:

Davi Ribeiro

Davi Ribeiro começou a trilhar um longo caminho de autoconhecimento, buscando informações no Brasil e também no exterior, para entender melhor o seu problema. Com o passar do tempo, ele acabou adquirindo muito conhecimento e, assim, se tornou um especialista na área de sexualidade masculina.

Website: https://www.ejaculandocomcontrole.com/cursos-recomendados/