Como se livrar da ejaculação precoce praticando o pompoarismo para homens

Pompoarismo para homens podem ajudar no combate da ejaculação precoce?

Se você faz atividades físicas regularmente e coloca braços, pernas e abdômen para trabalhar, já sabe como funciona a musculação.

Portanto, com a ajuda de aparelhos ou mesmo da gravidade, os músculos são submetidos a forças contrárias e condicionados à resistência. 

Mas por mais completa que uma série de exercícios seja, seus músculos pélvicos costumam ser ignorados e é aí que o pompoarismo para homens, ou exercício de Kegel, entra em cena.

A prática, de origem oriental e inspirada pela filosofia tântrica, é mais conhecida pela modalidade feminina e pela ação na musculatura vaginal.

Mas o pompoarismo pode também ser praticado por homens.

Ele é indicado, inclusive, por fisioterapeutas e sexólogos para tratar ou evitar problemas como ejaculação precoce ou dificuldade em manter uma ereção de qualidade.

Baixa Autoestima

Problemas que prejudicam a autoestima masculina, causam insatisfação e podem fazer até mesmo que o homem passe a evitar o sexo.

Tanto a ejaculação precoce quanto a dificuldade em manter uma ereção rígida durante o sexo são, de longe, as maiores responsáveis por experiências sexuais frustrantes.

No fim das contas, o homem pode se sentir envergonhado e emocionalmente abalado de um lado, e a mulher fica sexualmente frustrada do outro. 

Quais são os benefícios do pompoarismo para homens?

  • Melhor desempenho sexual, já que a prática aumenta da pressão sanguínea no pênis, prolongando a ereção. Vale combinar os exercícios com outros hábitos para melhorar seu desempenho
  • Fortalecimento do músculo da região pélvica, favorecendo o controle da ejaculação;
  • Previne flacidez da musculatura ligada ao membro masculino, fortalecendo significativamente a potência;
  • Estímulo à produção de testosterona, o que leva ao aumento da libido;
  • Em longo prazo, ajuda na prevenção de incontinência urinária e fecal.

Diversos médicos, como Wilhelm Reich, autor do livro A Função do Orgasmo, observaram o aumento da potência sexual masculina por meio da prática de exercícios específicos para o membro masculino.

Para ampliar a qualidade da vida sexual e esquentar os momentos a dois, a pompoarismo masculino trabalha os músculos e ligamentos da região do esfíncter anal.

É onde se encontra a musculatura eretora do pênis e pubococcígeo, também conhecido como PC, localizado entre o pênis e o ânus. 

Mas não é raro que alguns homens sequer saibam como localizar ou dar nome aos componentes do sistema reprodutor.

Talvez seja o seu caso.

Para que a prática seja plena e você atinja o controle da ejaculação e fortalecimento pélvico, é preciso, antes de tudo, conhecer o próprio corpo e seu funcionamento.

pompoarismo para homens

Você precisa se familiarizar com as respostas do seu corpo e desenvolver o controle sobre elas. 

Um resgate histórico do pompoarismo para homens

Filosofias como o tantra e o taoísmo já recomendavam, há centenas de anos, exercícios para fortalecer a musculatura pélvica (MAP).

De acordo com terapeutas corporais, as práticas do pompoarismo têm origem no sul da Índia, oriundas do Tantra Yoga, conhecidas como sahajôli. 

O verbo pompoar, como foi popularizado, vem da língua tamil, usada no Sri Lanka.

Em sânscrito, pompoar pode ser traduzido como sugar. Já sahajôli significa o pleno domínio dos músculos da região pélvica. 

A partir dos anos 1940 o médico americano Arnold Kegel deu um viés científico à visão que as pessoas tinham da técnica.

O especialista passou a aplicá-la em seu consultório para tratar de mulheres com incontinência urinária.

Hoje, os exercícios de Kegel são difundidos para lembrar da importância da ginástica pélvica para a saúde sexual.

Na literatura acadêmica, inúmeros artigos confirmam que procedimentos que utilizam a MAP agem sobre o trofismo e demais respostas musculares e fortalecem estruturas internas. 

Mas como começar a praticar o pompoarismo para homens?

Pare para pensar: o que acontece quando você não exercita algum músculo do seu corpo?

Ele fica flácido e fraco. Mas trabalhando essa musculatura, que muitos nem sabiam que existia, ela ganha tonificação

A arte milenar do pompoarismo não exige grandes esforços físicos.

A princípio, disciplina e regularidade são suficientes.

Levando em conta os inúmeros benefícios para o desempenho sexual e a saúde do homem, vale a pena tirar alguns minutos por dia para praticar. 

pompoarismo para homens

Antes de tudo, é preciso se informar.

Diferentemente dos exercícios femininos, que demandam a introdução de apetrechos nas partes íntimas, o pompoarismo para homens não exige nenhum objeto, apenas paciência e gentileza consigo mesmo. 

Depois, é preciso sentir o seu PC e identificá-lo. Isso é fácil, basta seguir uma sequência de exercícios que já sugerimos por aqui antes e que incluem:

  • Toque na parte de trás dos seus testículos, sem pressionar;
  • Fazer um movimento de contração repetida (no começo, é comum mexer os glúteos, as coxas e a barriga em vez do PC, mas com a prática é possível focar só nele);
  • Contração do esfíncter anal por alguns segundos e depois relaxar;
  • A observação da ereção e interrupção do fluxo de micção urinária. 

Parece difícil, mas não é.

Assim, os procedimentos de identificação do PC, quando aliados ao passo a passo do pompoarismo para homens, garantem resultados satisfatórios. 

Dessa forma, há um desenvolvimento completo do controle dos seus músculos relacionados ao processo ejaculatório.

Isso resulta na diminuição do tempo entre orgasmos e aumentando, assim, a saúde do seu sistema reprodutor.

Benefícios do pompoarismo no controle da ejaculação

A ereção se explica pelo fluxo sanguíneo temporariamente intensificado, concentrado e armazenado no pênis.

A grosso modo, o sangue se concentra no pênis para que ele fique ereto.

Quando a musculatura do períneo é trabalhada, o praticante ganha no bombeamento de sangue na região, estimulando e desenvolvendo qualidade nas suas ereções.

Os exercícios vão aumentar o calibre das artérias e dar mais potência para o pênis ficar mais rígido, e por mais tempo.

A musculatura pélvica também está relacionada ao processo ejaculatório, tido como o ápice da excitação.

Os músculos se contraem involuntariamente para liberar o esperma.

Quando você aprende a dominar a musculatura, esse movimento de contração fica cada vez menos involuntário e você passa a ter domínio do próprio processo ejaculatório. 

Para o público masculino, o pompoarismo melhora não só a atividade sexual.

De acordo com terapeutas especializados em sexualidade, a prática também ajuda na prevenção do câncer de próstata.

Também ajuda na prevenção e no tratamento da incontinência urinária e fecal, e na incontinência de flatos.

Dos 20 aos 40

Uma dúvida frequente e muito ouvida por profissionais da área é se os exercícios para o assoalho pélvico masculino funcionam para homens de todas as idades.

“Existe uma idade mínima para começar?”, “Quem tem mais de 40 anos ainda consegue fortalecer a musculatura da pélvis?”. 

A queda de testosterona é natural. Geralmente, a partir dos 30 anos ocorre um declínio fisiológico, absolutamente normal, da produção deste hormônio.

Essa redução se acentua ainda mais a partir dos 40 anos de idade, com queda de aproximadamente 1% ao ano dessa produção.

Mas isso não significa que a baixa no hormônio masculino é o fim da sua vida sexual.

Pelo contrário, com o aumento da expectativa de vida, o ideal é que as pessoas aprendam a se cuidar para ter qualidade de vida.

E ter uma vida sexual ativa também é sobre qualidade de vida, certo?

Os exercícios funcionam como se você estivesse ajustando os ponteiros do seu relógio biológico.

Quem é jovem poderá desfrutar dos resultados do pompoarismo masculino nos próximos anos e, quem já tem mais de 40, poderá sentir amenizados os efeitos da queda da testosterona. 

Resultados do pompoarismo para homens

Os resultados do pompoarismo para homens aparecem com o tempo e geralmente podem ser identificados logo nos primeiros 30 dias de prática.

pompoarismo para homens

Então, se o objetivo for tratar a incontinência urinária, principalmente após o procedimento cirúrgico de retirada da próstata, o resultado esperado pode levar de três meses até um ano.

E, em alguns casos, o médico responsável pode indicar outros procedimentos complementares de fisioterapia. 

Combinação de bons hábitos, exercícios, alimentação e higiene

Claro, o pompoarismo para homens não trabalha sozinho na missão de melhorar a impotência, ejaculação precoce ou potencializar orgasmos.

A prática deve estar associada a uma boa alimentação e higiene íntima.

4 alimentos estimulantes para o fortalecimento masculino que podem estar na sua dieta

Quando falamos em alimentação, é importante lembrar que até as sensações de prazer dependem de uma dieta saudável.

Uma dieta não está necessariamente associada à intenção de perder ou ganhar peso, mas de fazer boas escolhas nutricionais.

E algumas delas impactam diretamente no desempenho sexual.

Alguns ingredientes, por meio de suas composições nutricionais, otimizam o fluxo de sangue do organismo, incluindo, então, a região genital do homem. 

Eles atuam como estimulantes naturais da libido, proporcionando maior satisfação e prazer ao homem.

Chocolate, amendoim, peixes, ostras e temperos como gengibre, canela e pimenta devem ser incluídos na sua alimentação. 

O chocolate, por exemplo, é um produto afrodisíaco, principalmente aqueles com maior concentração de cacau.

Seu consumo é um bom método para aumentar o apetite sexual e a desenvoltura no momento da relação.

Ele dá capacidade para melhorar a sua energia, vitalidade e circulação do sangue, e contém aminoácido L-Arginina HCL, que fornece mais força para o sêmen.

Outros alimentos estimulantes:

Para quem não é fã de doces, uma opção é a ostra.

Rica em zinco, ela auxilia na espermatogênese (a fabricação dos espermatozoides) e contribui para a aglutinação de testosterona.

Gengibre e canela têm efeitos semelhantes.

O gengibre atua como estimulante no sangue e é também considerado um alimento afrodisíaco responsável por combater a disfunção erétil.

O consumo regular da raiz do melhora as funções hormonais do homem.

A canela acelera e aumenta consideravelmente a produção de testosterona.

A especiaria é responsável por aumentar a frequência cardíaca e a temperatura do organismo, atuando como um estimulante poderoso para as práticas sexuais.

Por ativar a circulação, diversos nutricionistas consideram que esses tipos de alimentos podem oferecer uma melhora no desempenho na cama.

Mas atenção: ingerir todos esses alimentos momentos antes do sexo não será eficaz.

O ideal é incluir os ingredientes na dieta diária.

Fique atento aos alimentos que contenham zinco, que são encontrados em carnes magras, cereais enriquecidos e iogurtes.

Álcool e outras drogas

O consumo de bebidas alcoólicas pode intensificar a excitação sexual, mas também pode causar alguns problemas de ereção.

O álcool pode despertar o desejo, porque quem o utiliza se sente mais desinibido, mais solto, mais extrovertido. 

Mas geralmente, por conta de um efeito popularmente conhecido, ele gera, em seguida, uma baixa no humor, o que pode interferir negativamente na ação sexual.

Se for ingerido com exagero, essas questões se potencializam e podem até gerar problemas para a ereção.

Ainda sem falar no risco de dependência química. 

Um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine, analisou 906 homens.

550 deles foram diagnosticados com certo grau de vício à cocaína, heroína e maconha. 

Os usuários de drogas tiveram performances consideradas de moderadas a ruins em comparação com quem nunca havia usado nada.

Usuários de cocaína, por exemplo, têm desejo alto durante o pico de atuação da droga.

Porém, a substância atrasa ou inibe a ejaculação podendo ocorrer a perda da ereção.

O alto potencial de dependência química também é um risco. Portanto, melhor evitar. 

Higiene íntima:

Parece óbvio, mas não é.

A má higienização do pênis não só é desagradável para o homem e sua parceira, como pode causar complicações de saúde. 

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de pênis está associado à infecção pelo papilomavírus humano (HPV) e a homens que não se submeteram à circuncisão, a remoção do prepúcio, a pele que reveste a glande (a “cabeça” do pênis).

Mas, curiosamente, a doença está relacionada principalmente à má higiene íntima

Tanto o homem circuncidado como o não-circuncidado reduzem as chances de desenvolver esse tipo de câncer se tiverem bons hábitos de higiene.

Condições básicas de limpeza do órgão são fundamentais para o cuidado da saúde, não importa a idade.

O uso simples de água e sabão pode evitar esse tipo de doença. 

Assim como a utilização do preservativo também é imprescindível em qualquer relação sexual.

A prática com diferentes parceiras sem o uso da camisinha aumenta o risco de desenvolver a doença.

Com isso, você pode ter sua vida sexual impactada. 

>> Observe sempre seu “amigo”.

Se notar algo diferente nele, como bolhas, feridas, corrimento ou ardor ao fazer xixi, procure com urgência um urologista.

Davi Ribeiro

Davi Ribeiro começou a trilhar um longo caminho de autoconhecimento, buscando informações no Brasil e também no exterior, para entender melhor o seu problema. Com o passar do tempo, ele acabou adquirindo muito conhecimento e, assim, se tornou um especialista na área de sexualidade masculina.

Website: https://www.ejaculandocomcontrole.com/cursos-recomendados/