3 formas mais comuns de Como Aumentar a Testosterona e aproveitar os benefícios do hormônio

3 formas mais comuns de Como Aumentar a Testosterona e aproveitar os benefícios do hormônio
5 (100%) 2 votes

A testosterona é o principal hormônio masculino. Ela é responsável por todo o desenvolvimento do corpo do homem e também tem ligação direta com a libido e o desejo sexual. Portanto, é muito comum que homens busquem formas naturais de como aumentar a testosterona.

Na realidade, a testosterona contribuí para o bem-estar físico e mental como um todo, para homens e mulheres. Sim, as mulheres também produzem a testosterona, só que em menor quantidade. Para se ter uma ideia, nos homens a quantidade do hormônio é de 10 a 15 vezes maior do que nas mulheres.

A maior parte da testosterona é produzida nos testículos e uma pequena quantidade é fabricada nas glândulas suprarrenais. São produzidas aproximadamente 7 mg desse hormônio por dia e seus níveis no sangue variam entre 300 e 1.000 ng/dl para os homens.

Tá, mas o que tudo isso significa para você?

A importância da Testosterona

A testosterona é muito importante para o desenvolvimento do homem. Durante a puberdade, ela ajuda no desenvolvimento da próstata e do órgão sexual, crescimento dos pelos no corpo e engrossamento da voz.

A testosterona também ajuda na síntese proteica. Ou seja, ela atua na produção de massa muscular ao mesmo tempo que diminui a gordura corporal.

Além disso, a testosterona é responsável pela libido e pelo desejo sexual. Portanto, manter os níveis do hormônio regulado significam maior virilidade e vontade de fazer sexo.

Problemas relacionados ao baixo nível de testosterona

Como falei, a testosterona é muito importante para a saúde física e mental do homem. Níveis hormonais abaixo do normal podem causar doenças sérias como hipogonadismo ou perda de massa óssea.

Diferente da andropausa, que é um processo natural do corpo que afeta a produção de testosterona em decorrência da idade, o hipogonadismo atinge homens em qualquer faixa etária. Trata-se de uma deficiência na produção do hormônio testosterona onde os testículos simplesmente deixam de produzir testosterona.

como aumentar a testosterona

O hipogonadismo pode ser ocasionado por danos nos testículos, câncer, fatores genéticos, diabetes tipo 2 ou outras doenças e infecções que afetem a produção hormonal.

Muitas vezes os sintomas da baixa testosterona são mal interpretados e associados erroneamente à outras doenças. Para não ter problemas, fique atento aos seguintes sintomas:

  • Diminuição do desejo sexual e da libido;
  • Impotência sexual;
  • Aumento de peso;
  • Perda de massa óssea;
  • Diminuição da força física;
  • Cansaço e fadiga excessiva;
  • Aumento dos níveis de estresse;
  • Irritabilidade e mudanças de humor.

Portanto, se você começou a notar alguns desses sintomas, procure um médico para avaliar seus níveis hormonais e indicar a melhor forma de como aumentar a testosterona.

Como aumentar a testosterona

Somente os sintomas acima não são suficientes para confirmar um diagnóstico de baixo nível hormonal. É necessário procurar um médico para avaliar o quadro e solicitar os exames necessários.

No caso do diagnóstico de hipogonadismo, andropausa ou qualquer outra doença que possa ter afetado diretamente a sua produção de testosterona, alguns tratamentos de reposição hormonal podem ser indicados.

De qualquer forma, o método de reposição de testosterona somente pode ser indicado pelo profissional médico. Cada caso deve ser avaliado individualmente.

Abaixo, listamos os métodos mais comuns de como aumentar a testosterona e quando que eles podem ser indicados.

Reposição hormonal

Como mencionado, a reposição de testosterona, bem como a quantidade e sua forma, somente deve ser indicada pelo médico. Utilizar qualquer método de reposição hormonal por conta própria pode trazer mais males do que bem.

Isso porque níveis de testosterona acima do normal também causam problemas à saúde como baixa contagem de esperma, diminuição dos testículos, aumento nos níveis de estresse, impulsividade, raiva e oscilações bruscas de humor.

Portanto, se você acha que seus níveis hormonais estão baixos e deseja saber como aumentar a testosterona através da reposição do hormônio, procure um médico. Após a realização dos exames ele poderá indicar a melhor forma de reposição, bem como a dosagem ideal.

Há três formas mais comuns:

  • Testosterona em gel – possui ação imediata;
  • Adesivo de reposição – devido à baixa concentração do hormônio no adesivo, os resultados não são imediatos e o tratamento pode levar meses para fazer efeito;
  • Testosterona injetável – muito comum entre os praticantes de musculação, que buscam intensificar os ganhos da academia.

Suplementos naturais para testosterona

Existem diversas ervas e raízes encontradas na natureza que têm sua eficácia comprovada no aumento da testosterona. A maca peruana, por exemplo, apesar de ter sido descoberta recentemente no Brasil, é usada há anos pelos povos latino-americanos.

Estes suplementos são uma alternativa eficaz e segura para quem quer saber como aumentar a testosterona. Entenda porquê:

Quando você utiliza um tratamento de reposição hormonal você está dando para o seu corpo o hormônio de uma fonte externa. Mas quando você utiliza um suplemento natural ele atua no seu organismo incentivando a produção de testosterona.

como aumentar a testosterona

Ou seja, você não corre riscos porque seu corpo é incapaz de produzir testosterona acima dos níveis indicados. Tudo que os suplementos fazem é ajudar o seu próprio corpo a regular a produção de testosterona para que ela fique dentro do ideal saudável.

E é justamente por isso que eles não possuem efeitos colaterais e nem contraindicações.

Alimentação e exercícios

A recomendação médica para quem quer saber como aumentar a testosterona, mas não possui necessariamente algum problema clinico é através de alternativas naturais. Os suplementos naturais são uma forma de se fazer isso, bem como a prática de atividade física e alimentação balanceada.

Alimentos como ostras, feijão e castanhas, por exemplo, são ricos em zinco, um mineral essencial na produção de testosterona. Outros alimentos que têm grande concentração e vitaminas A e D, como espinafre e ovo, também são aliados de quem quer saber como aumentar a testosterona.

No entanto, é preciso combinar a alimentação com a prática regular de atividade física para ter ganhos mais eficazes. Entenda que fazer exercício físico requer força, então, isso faz com que seu corpo produza mais testosterona, que aumenta sua força física e te permite fazer atividades mais intensas, que pedem mais testosterona. E isso se torna um ciclo sem fim.

Outro ponto importante: durma bem. Quando você tem noites de sono adequada, a produção de cortisol, hormônio do estresse, diminui, em contrapartida que a produção de testosterona aumenta.

Isso acontece porque o cortisol influencia diretamente no aumento de gordura corporal, que por sua vez, atrapalha a produção de testosterona.

Como você leu, não tem segredo de como aumentar a testosterona. Tudo é uma combinação de hábitos saudáveis que fazem com que seu corpo trabalhe de forma equilibrada.

Portanto, mesmo que você tenha um diagnóstico certo de hipogonadismo, andropausa ou outra doença, verifique com seu médico a possibilidade de incorporar suplementos naturais à uma rotina saudável antes de utilizar um tratamento de reposição hormonal.

Ficou alguma dúvida? Mande para a gente nos comentários ou através do e-mail [email protected].

Um abraço e até a próxima.

Equipe Homem de Saúde

O Blog Homem de Saúde não é apenas uma das principais fontes para conseguir informação sobre saúde masculina, como também possui uma proposta consistente de oferecer o material adequado para homens que buscam Qualidade de Vida.

Website: