Dicas de Saúde e Bem Estar que Podem Salvar a sua Vida, em diversos aspectos

Não é novidade que o homem é menos preocupado com a saúde que a mulher, essas que buscam mais sobre dicas de saúde e bem estar.

Prova disso, é a pesquisa do IBGE, em parceria com o Ministério da Saúde, entrevistou milhares de homens e mulheres.

Com efeito, o resultado foi surpreendente…

63,9% dos homens haviam se consultado em alguma especialidade pelo menos uma vez ao longo do ano, já as mulheres somaram 78%.

dicas de saúde e bem estar

7 Dicas de Saúde e Bem Estar para uma Vida Boa

De fato, todos querem ter uma boa vida, longa e saudável, deve ser por isso que as maiores buscas na internet são sobre métodos saudáveis e medicina natural.

Como a expectativa de vida do homem é menor que a da mulher, preparamos, com ajuda do site Viver Melhor, uma lista simples com dicas de saúde e bem estar.

Vamos começar?

1. Benefícios para quem para de fumar

Primeiramente, vamos tratar do hábito de fumar.

Quando tragamos um cigarro, ingerimos cerca de 4.700 substâncias tóxicas. Três dessas substâncias são extremamente nocivas:

• A Nicotina, que provoca dependência;

• O Monóxido de carbono, que reduz a oxigenação sanguínea;

• O Alcatrão, que possui substâncias cancerígenas.

Doenças do tabaco

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer) o hábito de fumar causa malefícios irreversíveis, principalmente à saúde masculina.

  • Aneurismas arteriais;
  • Problemas com a próstata;
  • Insônia;
  • Envelhecimento precoce.

Além de doenças cardiovasculares, respiratórias e obstrutivas crônicas, o homem ainda pode sofrer com disfunções muito inconvenientes:

  • Impotência sexual;
  • Ejaculação Precoce;
  • Cansaço e indisposição.

De certa forma, estas disfunções são reflexos dos efeitos imediatos que o fumo constante causa ao organismo.

A mesma instituição (INCA) revelou que 428 pessoas morrem por dia no Brasil por causa do tabagismo.

Quais as principais doenças causadas pelo tabagismo e porque você deve parar de fumar

Conforme os dados, 12,6% de todas as mortes registradas no país são atribuíveis ao tabaco.

Ao todo, 156.216 mortes poderiam ser evitadas todos os anos caso o uso do tabaco fosse eliminado.

dicas de saúde e bem estar

Você pode baixar o material de estudo completo aqui >>> Tobaco Atlas

Segundo a OMS o hábito de fumar aumenta significativamente o risco de desenvolvimento de doença arterial coronariana, derrame e doença vascular periférica.

“Apesar dos danos conhecidos do tabaco à saúde do coração e da disponibilidade de soluções para reduzir [o número de] mortes e doenças relacionadas ao tabagismo, o conhecimento entre grandes setores do público de que o tabaco é uma das principais causas de doenças cardiovasculares é baixo”, informou a OMS.

2. Evite o estresse sempre que possível

Contudo, na vida moderna em que vivemos, nem sempre é possível ou fácil evitar momentos de estresse.

Obviamente, temos muitas exigências diárias que desequilibram nosso sistema biológico.

Ser conectado, se manter produtivo e sempre participativo exige muita energia e chega uma hora que deixamos o bem estar de lado para entregar resultados.

Viver com cobranças constantes provoca muitas mudanças na biologia e química do nosso organismo, em especial ao nosso cérebro.

Infelizmente, nem todos nós podemos nos dar o luxo de esquecer todos os problemas e desistir das responsabilidades.

Entretanto, podemos incluir outros hábitos para recuperar o equilíbrio saudável do corpo.

Praticar exercícios

“Quando a pessoa pratica, está liberando várias substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de bem estar e prazer. A principal é a endorfina, substância natural produzida pelo cérebro durante e pós-exercício físico. A endorfina é considerada um analgésico natural, reduzindo o estresse e a ansiedade, aliviando as tensões e sendo até recomendado no tratamento de depressões leves”, explica o consultor técnico do Programa Academia da Saúde do Ministério da Saúde, Fábio Carvalho.

As atividades físicas indicadas para aliviar o estresse são atividades que você goste de fazer.

Dessa forma, qualquer atividade serve no final das contas, desde que você sinta satisfação em aproveitar o momento para si.

Porém, existe uma recomendação de frequência e tempo, confira abaixo.

→ O ideal é dedicar ao menos 150 minutos por semana em exercícios de leves a moderados, para aliviar as tensões psicológicas e musculares.

→ Se você prefere praticar exercícios mais intensos e vigorosos, recomenda-se 75 minutos por semana nessa atividade.

Boa alimentação

Cuidar da alimentação não só permite que você diminua a tensão e o estresse, além de auxiliar na redução de gordura corporal também evita ansiedade e depressão.

Sabemos que a ansiedade é uma das causas para a ejaculação precoce, por exemplo, e se você começar a cuidar melhor da sua alimentação, também terá um melhor desempenho sexual.

Como Durar Mais No Sexo E Ter Mais Qualidade Na Relação

Vamos à uma lista rápida de alimentos que contribuem para aliviar o estresse no dia a dia:

  • Maracujá: é óbvio só que não, o que proporciona mesmo a sensação de relaxamento não é a fruta em si, mas suas folhas. Elas atuam como analgésicos e relaxante natural;
  • Vitamina B: quando você está estressado o corpo consome as proteínas dos músculos como fonte de energia e isso vai te dar mais sensação de cansaço e dor, por isso, consumir alimentos ricos em carboidratos impedem que seu cérebro mande consumir proteínas de onde não deve;
  • Castanha do Pará: Tudo que você precisa são de 350g por dia, o que corresponde à uma unidade apenas. Ela é rica em selênio e é antioxidante;
  • Laranja: além de ser rica em vitamina C, ela possui cálcio e vitamina B também. É um relaxante muscular natural, combate o estresse e a fadiga;
  • Espinafre e brócolis: é uma bomba saudável, contém potássio e ácido fólico que atuam diretamente no funcionamento das células;
  • Alface: é outro calmante natural, aproveite melhor o talo que contém lactucina e lactupicrina;
  • Peixes e frutos do mar: não é um gosto unânime, mas você pode encontrar algo que seu paladar aceite, pois contém zinco e selênio importantes minerais inclusive na produção de testosterona.

Por falar em Testosterona, Cuide do seu hormônio naturalmente

Quando percebemos que a disposição sexual começa a decair devemos realizar o exame clínico apropriado para medir o nível de testosterona no organismo.

Uma indicação comum da queda desse hormônio é a diminuição do volume da ejaculação.

Mas esse não é o único sinal da deficiência de testosterona, é preciso consultar um especialista para que seja feito uma investigação e exames corretos.

dicas de saúde e bem estar

De qualquer maneira, existem formas naturais e sem riscos de manter o hormônio em equilíbrio no corpo.

Através de exercícios físicos, alimentação, suplementação e até o próprio sexo, você consegue reativar a produção da testosterona.

Baseado nessas alternativas, existe um guia incrível chamado “Como Aumentar Testosterona: 3 Formas Práticas e Naturais de Bombar a Produção do Hormônio”.

Você pode baixar esse guia gratuito clicando aqui.

3. Dar a devida atenção à Sexualidade

A sexualidade precisa de uma atenção especial nas dicas de saúde e bem estar, pois o sexo envolve muitos processos que refletem nossa saúde física e psicológica.

Vale considerar que quantidade não é sinônimo de qualidade e essa máxima não é apenas um bordão, no sexo ela é extremamente aplicável.

Como já dissemos acima, ter uma vida sexual satisfatória equilibra a produção de testosterona, mas não é somente isso.

Existem pelo menos seis razões pelas quais a medicina afirma que fazer sexo faz bem à saúde.

Regula o sono

As dicas de saúde e bem estar com certeza envolvem uma regulagem do sono, que é muito necessário para renovar a energia dos processos que nosso cérebro processa.

Por isso o sexo é tão importante, ele promove um relaxamento muscular muito bom para uma boa noite de descanso.

“A relação favorece o relaxamento muscular e o sono costuma vir depressa depois de um sexo mais vibrante.” Afirma o urologista Celso Marzano.

Fortalecimento muscular e emagrecimento

Fazer sexo é mais efetivo que exercícios físicos.

A prática sexual, mesmo que não seja regular, mas em torno de duas vezes por semana, ativa a circulação, tonifica os músculos (principalmente os músculos pélvicos) e queima gordura.

Além disso, faz com que nosso cérebro libere oxitocina, responsável pela sensação de satisfação e relaxamento.

Melhora a imunidade

Pesquisadores norteamericanos sugeriram em uma pesquisa recente que casais que transavam com frequência de, pelo menos, duas vezes por semana demonstraram aumento na taxa de imunidade.

Ou seja, o corpo produziu mais anticorpos.

“Há, sim, trabalhos mostrando que pessoas felizes têm melhor resposta imunológica. E a atividade sexual sem dúvida traz felicidade e qualidade de vida”, pondera Joaquim Claro, coordenador da Urologia do Hospital de Transplantes Euryclides de Jesus Zerbini .

Autoestima

Como já falamos da oxitocina, é por causa dela que o cérebro se sente mais relaxado, satisfeito e, assim, as pessoas estabelecem uma conexão melhor.

“A autoestima melhora porque o indivíduo se sente desejado pelo outro”, resume a psicóloga Ana Canosa, de São Paulo.

Combate o estresse

O sexo é uma injeção incrível de relaxamento e  bem estar, só deve-se tomar cuidado para não tornar esse ato em apenas uma válvula de escape.

“A atividade sexual diminui o nível de ansiedade”, diz o urologista Joaquim de Almeida Claro, da Universidade de São Paulo (USP).

Protege o coração

Nenhuma das dicas de saúde e bem estar batem o resultado do combo de atividades físicas leves e sexo duas vezes por semana.

Claro, se você é cardíaco tome mais cuidado, consulte um médico cardiologista previamente.

“Durante a relação sexual, como em um exercício físico moderado, há um aumento temporário do trabalho cardíaco e da pressão arterial”,
explica o cardiologista José Lazzoli, da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

4. Em busca do peso ideal

E já que estamos falando de atividade física, a população brasileira é uma das que mais crescem em  sobrepeso e obesidade mórbida.

Quando você consome alimentos em uma dieta equilibrada vai perceber em pouco tempo (mesmo durante a adaptação) que esses alimentos proporcionam uma melhora significativa na qualidade de vida.

Além disso, é importante manter a regularidade na ingestão de alimentos, beber muita água e evitar períodos longos em que você fique com fome.

Se você já tentou vários tipos de dieta, exercícios, novos hábitos e nada resolveu, então é necessário buscar orientação de um endocrinologista.

Esse profissional irá avaliar se há alguma glândula que não está funcionando como deveria.

Se você quiser saber se está com o peso ideal utilize essa calculadora de IMC abaixo ↓↓↓

Powered by YAZIO

5. Detox do Organismo

É fato e de conhecimento geral que a água é o melhor desintoxicante natural que promove melhora nos tecidos, na circulação e até no transporte de nutrientes.

Mas não é só beber água que vai livrar seu organismo de substâncias indesejadas, há outras mudanças de hábito que auxiliam nessa limpeza:

  • Evite produtos industrializados:
  • Ingerir mais farinha de banana verde;
  • Consuma mais frutas cítricas;
  • Coma alimentos crus, como verduras e legumes;
  • Tome chá de hibisco e chá verde com gengibre;
  • Coma mais maçã e brocólis;
  • Consuma mais fibras.

Referências Bibliografias:

  • https://boaforma.abril.com.br/dieta/10-solucoes-praticas-para-desintoxicar/
  • https://saude.abril.com.br/bem-estar/9-razoes-medicas-para-se-fazer-sexo/
  • http://www.saude.mg.gov.br/saudedohomem
  • http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2018-05/oms-alerta-para-impacto-do-cigarro-na-saude-cardiovascular

Davi Ribeiro

Davi Ribeiro começou a trilhar um longo caminho de autoconhecimento, buscando informações no Brasil e também no exterior, para entender melhor o seu problema. Com o passar do tempo, ele acabou adquirindo muito conhecimento e, assim, se tornou um especialista na área de sexualidade masculina.

Website: https://www.ejaculandocomcontrole.com/cursos-recomendados/